domingo, fevereiro 17, 2008

Aprendiz de Poeta

Sou aprendiz de poeta
Quero tecer palavras ao luar
Fiar os versos um a um
E com eles uma poesia formar

As rimas são irmãs gêmeas
Que brincam de se encontrar
O lápis, fiel companheiro
Nunca se cansa de rabiscar

Mas quero mais que versos e rimas
Ou palavras ditas sem pensar
Quero alcançar teu coração
Lugar para me aconchegar.

Escrita em 21/03/2006.

Nenhum comentário: