A Palavra é que vivifica

10:40



Um dia desses estava me recordando da época que fiz seminário. Foi logo depois de concluir o antigo segundo grau. Estava dividida entre fazer uma faculdade ou aprender de maneira mais profunda a Palavra de Deus. Decidi pela segunda opção, pois senti que , naquele momento, precisava mais disso do que cursar uma universidade. Não passava por um bom momento. Apesar de já ser batizada e frequentar uma igreja há anos, senti que estava doente. Doente da alma. Como diz o próprio Deus em sua palavra: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei"(Mt. 11:28). Foi o que fiz. Sempre tinha ouvido falar que a Palavra de Deus cura. Precisava dela mais do que qualquer outra coisa.


No primeiro dia tudo era novidade. A apresentação dos professores, os colegas de turma, as matérias que seriam dadas. Dentro de mim crescia uma enorme expectativa quanto a tudo aquilo e uma esperança em relação aos meus males interiores. As aulas eram ótimas e os professores também. A cada nova aula novos conhecimentos iam sendo adquiridos, novas perspectivas para textos que haviam passado despercebidos por anos. Era como se "as escamas dos olhos fossem sendo tiradas". À medida que os textos ganhavam nova vida para mim, a minha alma também ganhava. O Supremo Arquiteto sabia onde a sua obra precisava de reparo. E confesso a vocês, Ele é perito nisso. O interessante é que só fui me dando conta disso um tempo depois. Não teve gritaria, choradeira, "palavras de ordem" e nem nada pirotécnico. Não precisei ir a culto de libertação, nem determinar nada, nem fazer "encontro" ou comprar qualquer coisa "ungida". Não foi mágico ou instântâneo. Foi um processo. Foi tudo tão simples, mas tão profundo. Não posso dizer que tive um encontro com Deus. Tive vários. A cada nova aula, um novo encontro. Só eu e Ele. Foi a coisa mais bonita que eu já vivi. Pude comprovar que a Palavra de Deus cura de verdade. E não é necessário nenhum patuá, mandinga, "mistério" ou qualquer invencionice. É simples e claro. Como está na Bíblia: "O que me consola na minha angústia é isto: que a Tua Palavra me vivifica" . "Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração"(Sl. 119:50 e Jr. 29:13).


Infelizmente não pude concluir o seminário por motivos de força maior. Mas me recordo dessa época da minha vida com ternura e saudades. A lição que fica é esta: nada nem ninguém pode substituir o poder transformador da Palavra de Deus. Desde então, temos tido vários "encontros". Pode ser em qualquer lugar, mas geralmente é no meu quarto, quando eu abro a Bíblia, espalho os livros sobre a mesa e nós conversamos...e devo lhes dizer uma coisa: é sempre tremendo! :)

You Might Also Like

6 comentários

Seguidores

Follow by Email