quarta-feira, abril 21, 2010

Pense nisso


Foto de Francisco Costa Pinto

"Minha felicidade sou eu, não você. Não só porque você pode ser temporário, mas também porque você quer que eu seja o que não sou.

Não posso ser feliz quando mudo só para satisfazer o seu egoísmo. Nem posso me sentir contente quando você me critica por não ter seus pensamentos. Ou por ver como você vê. Você me chama de rebelde. No entanto, cada vez que rejeitei suas crenças você se rebelou contra as minhas. Não procuro moldar sua mente. Sei que você está se esforçando muito para ser só você. E não posso permitir que me diga o que ser... pois estou me concentrando em ser eu.

Você disse que eu era transparente e fácil de esquecer. Mas, então, por que tentou usar a minha vida para provar a si mesmo o que você é ?"

Este poema foi extraídos do livro "Não sou nem sacrilégio nem privilégio. Posso não ser competente, nem excelente, mas sou presente". A autora se denomina apenas Michelle. Tinha apenas 20 anos quando se suicidou em julho de 1967. Achou muito difícil ser "só eu".


Leo Buscaglia
Vivendo,amando e aprendendo

OBS: Leo Buscaglia encontrou o livro de Michlle na livraria City Lights, em São Francisco. Foram publicados 500 exemplares apenas.

4 comentários:

Papo de Desenhista disse...

Olá Cristina Danuta, tema importante o texto, gosto muito de ler seu blog, creio que nossos propósitos são muito parecidos.
Você diz desenhar também, eu estou desenhando muito pouco no papel, só tenho desenhado mais com palavras.
Só digo que não devemos parar.
Bom fim de semana.
Sidney

Cristina Danuta disse...

Oi Sidney,

Obrigada pelos elogios. É gostoso compartilhar as coisas que gosto ou vivencio e saber que outros se identificam de alguma forma.

Tenho desenhado, mas falta colocar lá no outro blog. Pra semana devo atualizá-lo.

PS: Gosto dos seus "desenhos com palavras". Só tô devendo comentário, né? rs

Não paremos nunca, querido. Sigamos sempre em frente.


Bom fim de semana pra você também.
Bjs.

Anônimo disse...

Que lindo! Concordo com essa frase: "Minha felicidade sou eu, não você." Mas como é difícil viver isso... será que com muito equilíbrio e passo a passo poderemos viver essa felicidade? Pena que a autora da poesia não teve tempo para nos responder... se suicidou.Obrigada Leo Buscaglia por ter encontrado essa poesia!
Obrigada Cristina Danuta por postar um "Pense nisso" no seu Blog.
Bjs Sônia Lia

Cristina Danuta disse...

Oi Sônia!! Adorei o comentário. =)

Volte sempre!!

Mil beijos.