Saudades...

16:15



É tão estranho. Alguém sente saudades do que nunca viveu? Eu sinto...


Sinto saudades dos passeios com meu avô, das longas caminhadas pela Floresta da Tijuca, das conversas, das risadas, de seus mimos...


Sinto saudades dos conselhos do meu pai, das conversas sob a luz das estrelas, de suas broncas, de sua mão afagando meus cabelos, de seu colo, seus olhos, seu sorriso...

Sinto saudades das flores no dia dos namorados, das surpresas sem data marcada no calendário, dos passeios de mãos dadas pela praia ao entardecer...

Sinto saudades das brigas entre irmãos e dos abraços apertados celebrando a paz fraternal...

Sinto tantas saudades...

“Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante.”
Carlos Drummond de Andrade

Cristina Danuta de Souza, em 16/05/2010

You Might Also Like

9 comentários

Seguidores

Follow by Email