domingo, julho 18, 2010

Sagrado


"Deve existir algo estranhamente sagrado no sal: está em nossas lágrimas e no mar..."

Khalil Gibran

7 comentários:

Descanso da Alma disse...

Maravilha, amo Khalil Gibran, um grande poeta que sabe refletir sobre qualquer coisa.

Amei esta frase.

Paz e bem

Eduardo Medeiros disse...

Que belo pensamento! Simples mas poético.

Mas sal demais aumenta a pressão...rssss Desculpe Cristina pela brincadeira.

abraços

Cristina Danuta disse...

Oi Thiago! Adorei sua visita. Também gosto dos escritos de Gibran. Minha mãe tem três livros dele: Os deuses da terra; Jesus, o filho do homem e O Profeta. Na minha adolescência cheguei a ler o primeiro. Os dois últimos estão me aguardando ansiosos na estante.

PS: Aqui entre nós. Ontem, folheando os desenhos de Gibran no livro O Profeta, me passou um pensamento pela mente: acho que o meu gosto por desenhar figura humana, veio de admirar os desenhos dele.

Bjs

Cristina Danuta disse...

Oi Eduardo.

hehe verdade.

Uma boa semana pra ti.

Bjs

Mari disse...

Oi Cris...

Verdade isto...que lindo amiga!
Boa semana!
Beijos

Cristina Danuta disse...

Oi Mari,

Boa semana pra você também.

Beijinhos

Descanso da Alma disse...

Oi Cris, poxa, eu infelizmente só li o profeta, mas já foi intenso demais pra mim, profundo demais. Fica a maravilha frase que ele diz sobre o amor, que usei até no meu casamento.

"Quando o amor vos acena, segui-o, embora seus caminhos sejam ásperos e escarpados..."

Paz e bem