terça-feira, agosto 30, 2011

Caleidoscópio


Arte de Wilhelm Von Kaulbach
Tem dias em que o dia se desfaz em trevas em minh'alma
Uma angústia que assola o peito
Um medo nem  sei de quê
Há em mim uma sede de infinito que não consigo saciar

Espero os dias passarem
Sem pressa, aguardo pela aurora que virá com a manhã

É que as vezes acho que não sou uma só,
Sou muitas.

2 comentários:

Adílio disse...

Lindo, suave e profundo...
Parabéns.

Abraços, Adílio.

Cristina Danuta disse...

Obrigada! =)

Abraços